terça-feira, 6 de dezembro de 2011

A ARTE DA VIDA- MANUAL BÁSICO DO BEM VIVER


1-VIVENDO COMO PINTOR:
Como ás do pincel, vou puxando arcos de sorriso aqui e ali.
Colocarei um arco-íris quando estiver chovendo,
uma árvore bem grande quando o sol estiver muito forte,
e uma cachoeira para refrescar e matar a sede.
Pois sendo o dono do pincel
pintarei o quadro que eu quiser.


2-VIVENDO COMO MÚSICO:
Pelas notas de minha voz
cantarei a alegria, a esperança, o amor sem cobrança.
Não esquecerei da harmonia que constrói em notas equilibradas
a sinfonia da união.
E sempre que ouvir alguém usar sua voz
como soco ou arpão, cantarei os versos deste poema:
na força da tua voz em ação
ouvira os ecos que depois de viajarem
por muitos ouvidos,
retornarão em coro para tua triste compreensão,
sempre há consequências para tuas ações.


3-VIVENDO COMO ESCULTOR:
Martelos, cinzéis, lixas,
material em mãos busco fazer o monumento de minha vida,
para que todos vejam, que eu passei por aqui.
Da matéria-prima que o Pai me deu,
eu vou transformar a pedra bruta de minha alma
em diamante lapidado pelas marteladas de minha consciência
que devem tirar o cascalho das imperfeições morais,
que atrapalham o brilho de nossa jóia.
Em alguns ela já irradia sua luz, em outro mostra os primeiros raios,
mas em muitos ela jáz esquecida.
Ei, você que esqueceu o seu valor, 06/12/2011
MARTELOS , CINZÉIS, LIXAS...


 MARCOS VEDA