segunda-feira, 9 de março de 2009

CARTA PARA A MÃE TERRA.

Minha querida mãe terra, escrevo esta carta em nome de todos aqueles que amam a escola abençoada que és.
Qh, mãe! Como somos filhos rebeldes, estamos à milhares de anos vivendo nos teus braços amorosos e não reconhecemos como és boa.
Brotamos do amor divino e no teu ventre, dormimos inconscientes como minerais, aguardando a hora em que a evolução nos faria sentir no reino vegetal,e aí,já buscávamos a luz que dá vida. Mas só sentir era muito pouco para nós filhos de Deus, e então permitiu que engatinhássemos pelos quatros do reino animal onde fomos aprender os primeiros valores sobre a vida , lutando por ela, usando instintivamente a inteligência ainda muito rudimentar mas preciosa.
Hoje mãe, como homo sapiens, além dos quatros cantos, mergulhamos nas profundezas dos teus mares e avançamos rumo ao espaço infinito. E o que fizemos mãe até agora, para lhe agradecer o seu amor?
Poluímos suas águas, que brotam do teu seio como o leite materno, cheio de amor; envenenamos, cortamos, queimamos o seu verde sagrado pelo alimento, oxigênio e beleza que nós dá. E nossos irmãos menores! Como são maltratados.
Mas agora mãe , estamos mais conscientes, podemos consertar tudo o que está errado.
E PARA ISSO,
EU VOU PEDIR A TODOS OS MEUS IRMÃOS
QUE VIVEM EM TI:

Nenhum comentário: